terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Como é filmada uma cena?

MISSÃO IMPOSSÍVEL
O trabalho no set começa antes de o galo cantar. Enquanto os atores se preparam, a equipe técnica checa os equipamentos e cenários. A ralação chega a durar 12 horas, já que os cachês e a grana paga pelos equipamentos e locações é cobrada por dia - e não é mixaria!
LUZES DA CIDADE
A iluminação é que dá o climão da cena. Luzes mais fortes geram sombras marcantes, dando um ar mais dramático - como nos filmes de terror, quando são posicionadas de baixo para cima. Já as mais suaves dão um clima leve, sendo usadas em comédias
TRANSFORMERS
A maquiagem é vital, pois conta uma história através do rosto. Um hematoma, por exemplo, mostra que o cara apanhou, sem ter que gravar a cena. O ator também pode engordar, entre outras transformações, com o uso de massas e látex
O SILÊNCIO DOS INOCENTES
O som é gravado à parte da imagem pelo boom, o microfonão principal. Após captar a voz dos atores, os microfonistas gravam outros sons da cena, como passos ou sirenes. Até o "som" do silêncio ambiente é gravado, para ser mixado mais tarde
O DIABO VESTE PRADA
O figurino também é vital para compor a cena, como ao indicar a época. Mas ele não é feito só de roupas. Em O Corcunda de Notre Dame, de 1923, o ator que fez Quasímodo usou o tempo todo uma corcundona de gesso de 9 kg sob a roupa!
O HOMEM DA CÂMERA
Como as câmeras são muito pesadas - quase 50 quilos! -, alguns equipamentos dão uma forcinha para o operador movê-las com precisão. É o caso dos trilhos, gruas e do steadicam, um suporte que ajuda a carregar a câmera no braço
A LIBERDADE É AZUL
Cenas fantásticas, como de heróis voando, rolam com o truque do chroma-key: um painel azul ou verde no fundo da cena. Após a gravação diante do painel, um software elimina o azul ou o verde na edição, "recortando" a imagem do ator, que,então, pode ser fundida a qualquer cenário
UM CORPO QUE CAI
No caso de cenas perigosas ou que exigem habilidades especiais - como uma luta de espadas -, os dublês entram em ação. Eles ensaiam exaustivamente, pois, além do perigo que correm, lidam com elementos caros da produção, como carrões de luxo
QUASE FAMOSOS
Os figurantes povoam os espaços onde os protagonistas atuam. Quando é preciso muita gente - como nas batalhas de O Senhor dos Anéis -, as imagens da galera são replicadas no computador, criando aquele "mar de gente"
DIRIGINDO NO ESCURO
O diretor é o mandachuva do set, coordenando o trabalho dos atores e o posicionamento das câmeras a cada plano. Para não gastar filme à toa - a película é caríssima -, as cenas são gravadas apenas após muito ensaio. Só então a coisa rola para valer
• Em 1931, o ator que fez Frankenstein cansou das seis horas diárias gastas no camarim e decidiu ir para casa com a maquiagem, ficando com ela até o final das filmagens!
• Os painéis são em tons de azul ou verde que não há no corpo. Se o fundo fosse branco, partes brancas do corpo do ator, como os dentes, seriam preenchidas pelo cenário
• A claquete traz dados técnicos, como o número da cena, sendo filmada no início de cada take. Com isso, na montagem, fica fácil unir a imagem e o som
• No filme A Arca de Noé, de 1928, três dublês morreram afogados e um perdeu uma perna durante as cenas do dilúvio!
• Sabe por que não entra a palavra "som" na famosa expressão "luz, câmera e ação"? É que ela surgiu na era do cinema mudo, quando não se captava o som das cenas
• Em Hollywood, as filmagens contam com a ajuda do wrangler, profissional contratado só para cuidar de seres não-falantes do set, como bebês, animais ou bonecos usados em cena
• Sabe o que os figurantes falam nas cenas? Nada de futebol ou novela - eles fofocam é sobre o "rhubarb". Repetida em voz baixa, essa palavrinha sem sentido dá o burburinho de fundo
FONTES - IMDB, Mnemocine , assessoria sindcine

Nenhum comentário:

Postar um comentário